Pôr-do-Sol na Obra Spiral Jetty em Utah

This post has already been read 931 times!

Em um crepúsculo minguante no final de um dia de Agosto, essas largas faixas escuras aparecem no céu por um momento, observadas desde o Spiral Jetty de Robert Smithson na costa leste do Great Salt Lake no estado americano de Utah. Delimitado por raios da luz solar conhecidos como raios crepusculares, essas faixas escuras são na realidade sombras causadas pelas nuvens que estão localizadas próximas ao distante horizonte oeste, o Sol que está se pondo desapareceu atrás dessas nuvens. As sombras causadas pelas nuvens são paralelas, mas parecem convergir devido ao efeito de perspectiva. Enrolado no sal encrustado na superfície do lago, o mais famoso trabalho de arte em terra de Smithson fornece um interessante contraste com as linhas convergentes. O Spiral Jetty foi construído em 1970, quando o nível da água do lago estava estranhamente baixo e foi completamente submergido em alguns anos a medida que o nível das águas subiu. Agora depois de passar boa parte da sua existência submerso no lago salgado ele se encontra acima do nível da água novamente.

Fonte:

http://apod.nasa.gov/apod/ap101204.html

 


Deixe uma resposta

Outros canais de comunicação

%d blogueiros gostam disto: